Raio-x

A Radiologia é um método de diagnóstico rápido, eficiente e de baixo custo. Mesmo com o surgimento da tomografia, da ressonância e do ultrassom, o exame radiológico, em algumas situações, ainda é o método de escolha para orientar o veterinário a chegar em um diagnóstico.

Nos últimos anos a digitalização dos exames de raios-X permitiu um grande avanço na medicina diagnóstica. A tecnologia digital permite que as imagens geradas sejam processadas por ferramentas especiais, o que permite ao mesmo tempo, reduzir o tempo de exame e aumentar a eficácia diagnóstica.

Na prática da clínica diária, lançamos mão dele: frente a uma suspeita de fratura, na claudicação dos animais jovens (osteopatias juvenis) e idosos (doenças articulares degenerativas), nas afecções da coluna vertebral, no exame do aparelho respiratório (pneumonia, bronquite, asma, edema pulmonar, massas), no exame do aparelho digestivo (suspeitas de corpos estranhos radiopacos, torção gástrica, processo obstrutivo, megaesôfago, megacólon) e no exame do aparelho urinário (cálculos radiopacos) e reprodutivo (contagem fetal). Também usamos exames contrastados (Esofagograma, gastrograma,mielografia, trânsito gastrointestinal, urografia excretora e uretrocistografia).

O exame radiográfico não apresenta riscos ao animal ou às pessoas envolvidas em sua realização, desde que sejam seguidas as recomendações de proteção radiológica adequadas.